As Peripécias de Albertine Henslie – Parte X

blog_albertine

Acordei com a mochila de Seun sob minha cabeça e com seu blusão me cobrindo. Havia um cheiro engraçado no ar, que percebi enquanto me espreguiçava. Era estranho acordar sem saber as horas, ou sem noção de quanto tempo passei adormecida.

Pra variar, o cheiro engraçado vinha do café que Seun havia preparado. Ele trouxe algumas frutas e com as folhas de alguma erva da floresta, fez um chá, que assegurou ser terapêutico e em instantes auxiliaria em minha recuperação.

Confesso que já estava me sentindo constrangida de tão suja que estava, sem contar o mau cheiro de alguns dias sem banho.

– Seun, sem querer ser chata, mas você não se incomoda de passar dias sem um banho ao menos?

Ele olhou para mim, enquanto cortava uma maçã e riu.

– O mais estranho sobre você é que as vezes parece não se importar com o que acontece ao se redor… – Franziu a testa, ainda sorrindo.

– Eu estou me importanto sim com o que acontece ao meu redor… Sinta o aroma ao meu redor! Nada agradável!

Dessa vez ele soltou uma gargalhada.

De repente tive aquela sensação estranha, semelhante a que senti quando fomos atacados sobre os gaviões. Instintivamente, pulei até a outra extremidade, onde Seun estava e o empurrei para o chão. A mesma descarga elétrica das armas dos nossos perseguidores foram disparadas em nossa direção, destruindo a parede de madeira atrás de nós.

Levantei puxando Seun e comecei a correr. Entrei no corredor a esquerda da cabana, que estava sendo completamente destruída. Havia uma janela despedaça ao final daquele corredor extremamente curto. Cruzei os braços sobre a cabeça como proteção e, sem pestanejar, saltei através dela. Sabia que Seun vinha logo atrás.

Haviam dois soldados ali nos esperamos para uma emboscada. Sabia que haviam quatro em frente a casa, dois pela lateral direita e mais estes dois que nos cercaram pela esquerda, o estranho era poder perceber isso pelas respirações e pulsações de cada um.

Eu não posso imaginar como fiz aquilo, mas foi como se tudo estivesse congelando novamente a minha volta, como na vez em que estive correndo com Seun. Fui em direção ao primeiro soldado. O desarmei e golpeei sua nuca com o cotovelo e ele caiu no chão, Seun já havia deixado o outro inconsciente. Disparei a arma do soldado que derrubei contra os outros que vinham em nossa direção.

De repente, aquela sensação de perigo novamente me ocorreu e senti um golpe forte nas costas. Virei tão rápido quanto pude e vi Seun, lutando tão habilmente com o sujeito que me atacou, como se aquilo estivesse coreografado. Ele era tão rápido quanto nós éramos, mas não sentia medo dele. Foi então que Seun foi atingido no rosto e em seguida no estômago. Rapidamente, coloquei-me entre os dois e consegui golpeá-lo no queixo, mas em seguida recebi seu contra-ataque no lado direito do rosto, o suficiente pra me nocautear.

Caí no chão completamente desorientada e Seun, bravamente se levantou para lutar novamente.

– Então, esta é a sua protegida? Foi por isso que você nos traiu? Pra morrer aqui com essa garota que é uma fraude? – Disse o misterioso soldado, claramente acima da média dos demais.

Senti tanta raiva naquele momento, afinal, quem esse sujeito pensava ser para dizer que eu era uma fraude.
Com o que me restava de força, ergui a cabeça e vi Seun sendo massacrado por aquele estranho, que o ridicularizava e desejei, por um momento, ter forças o suficiente para fazê-lo parar.

Então ouvi a voz de um homem, quase como um sussurro trazido pelo vento:

– Você quer pará-lo, faça-o parar. Você pode!

Por Tauany Farias

Coisa e Tau e Tau e Coisa

Não leu a nona parte? Então acesse: As peripécias de Albertine Henslie IX

Anúncios

Uma opinião sobre “As Peripécias de Albertine Henslie – Parte X

  1. Pingback: As Peripécias de Albertine Henlis – Parte XI | Z de Zoe

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s