Conto Ana e Marco – Parte II

Office

Os dias foram se passando, e o sentimento de Ana pelo namorado cresceu. Quando eu digo cresceu, quero dizer que realmente cresceu, entende? Talvez tenha até fugido um pouco ao seu controle, mas ela realmente se rendeu ao “pseudo amor”.

Marco, pobre Marco, decidiu esquecer Ana de vez, de uma vez por todas, mas não era simples afastar-se assim, apesar de que Ana já não dava ao amigo a mesma atenção.Ele pensou que se sumisse por um tempo, talvez ela não desse falta. Embora, ela não mantivesse contato com a mesma frequência, não havia esquecido Marco, afinal, a amizade entre os dois era sincera.
Marco começou evitar muitas das coisas que o lembravam dela. Começou parar de ligar, mas nunca deixou de atender ou responder as ligações e mensagens de Ana.
Até que um dia, um dia que deveria ser como qualquer outro, em mais uma reunião, que naquele dia parecia estar em níveis elevados de monotonia, uma moça diferente sentou ao lado dele.
Ele não deu muita atenção a princípio, até que ela sorriu para ele. Foi então que a partir daí algumas coisas para ele começaram a mudar.Marco fez alguma piada sobre o tema que era abordado, quando questionado a respeito do tema abordado. Ela concordou e riu. Foi então que ele, motivado e envaidecido pela moça bonita que ria de suas piadas, começou fazer de tudo um motivo de sátira.
 Ao final da reunião, enquanto Marco recolhia suas coisas para se retirar, foi abordado pela tal moça.
– A propósito, meu nome é Rita.
Disse ela, quando todos dispersos se espreguiçavam e sorriam, aliviados pós a tensão que a sala conteve durante a reunião.
– Marco. – Sorriu ele, enquanto respondia e estendia a mão para se cumprimentarem.
Foi então que alguns colegas de Marco os cercaram, e ele os foi apresentando a Rita.
– Você é nova aqui, certo? – Disse Joana, uma das colegas de Marco.
-Na verdade não, já estou aqui faz algum tempo, mas é a primeira reunião a qual eu sou chamada.
– Ah, meus parabéns! Seja bem-vinda! Que tal um coffee-break, pessoal?
Marco sorriu, fitou Rita um tanto animado e respondeu:
– Eu topo!
Então todos se juntaram aos três e foram, exceto alguns que tinham tarefas inadiáveis para entregar, mas isso não vem ao caso.
Marco se divertiu com Rita. Ela era linda, engraçada e tinha boas histórias.
Saíram dali e continuaram caminhando, compartilhando fatos interessantes de suas vidas.
Ele se sentiu totalmente cativado por ela.
Chegou a hora da despedida, de um dia realmente agradável, como há tempos ele não tinha.
Até que o celular de Marco tocou. Era Ana aos prantos pedindo socorro ao amigo.

Por Tauany Farias

Coisa e Tau e Tau e Coisa

Não leu a parte anterior? Então clica aqui.

Anúncios

Uma opinião sobre “Conto Ana e Marco – Parte II

  1. Pingback: Marco e Ana – Parte III | Z de Zoe

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s